quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Médico ativista da eutanásia tenta se suicidar

O arauto da eutanásia Nicolas Bonnemaison confessou ter assassinado 'só' uma mulher, mas era investigado por outras mortes.
O arauto da eutanásia Nicolas Bonnemaison
confessou ter assassinado 'só' uma mulher,
mas era investigado por outras mortes.



O médico francês Nicolas Bonnemaison, 54 anos, ativista da eutanásia, foi salvo in extremis quando tentava se suicidar numa floresta do sudoeste da França.

Ele havia sido condenado por matar um doente terminal injetando-lhe uma injeção letal e corria risco de ser preso, segundo noticiou o jornal britânico “The Telegraph”.

O ativista da eutanásia foi encontrado inconsciente em seu carro na floresta de Tosse.

Ele tentou se suicidar desviando a fumaça do escapamento para o interior do veículo com este funcionando.

E foi levado ao hospital em condições “extremamente graves”, “entre a vida e a morte”, segundo uma fonte médica.

Uma sentença judicial lhe havia tirado o direito de exercer a medicina. Mas Bonnemaison conseguiu uma suspensão da pena.

Seu processo apavorou a França, país maioritariamente católico e onde a eutanásia e ilegal.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Centenas de milhões de crianças chacinadas na China.
Será assim no futuro mundo verde cogitado na COP21?

Mãe forçada aponta o local da aplicação mortal.
Mãe forçada a abortar aponta o local da aplicação mortal.



O governo da China comunista informou por meio do jornal oficial Diário do Povo que todo ano pratica 13 milhões de abortos. Desses, 62% são feitos em mulheres com idade entre 20 e 29 anos, na maioria solteiras, informou a agência ACIPrensa.

Os dados são do Centro de Investigação de Tecnologia da Comissão Nacional de Planificação Familiar e da Saúde. O mesmo órgão apontou que entre 2006 e 2010 a China gastou 402,5 milhões de dólares para distribuir anticonceptivos no país.

Qi Rongyi, médico chefe do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia num hospital de Tianjin, disse que na realidade “o número de abortos poderia ser muito maior”, pois “as estatísticas não incluem os abortos realizados em clínicas ilegais”.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Eslovenos conseguem referendo
para revogar “casamento” homossexual

Za otroke gre!manifesta na praça pública.
Za otroke gre!manifesta na praça pública.



O Tribunal Constitucional da Eslovênia deu ganho de causa aos defensores do casamento e dos direitos das crianças na Eslovênia (na ex-Iugoslávia).

Ele declarou a constitucionalidade de um referendo para revogar a lei que equipara o casamento natural e religioso à união de casais do mesmo sexo e lhes concede um inexistente “direito” de adotar crianças, noticiou a agência Infocatólica.

O referendo havia sido solicitado por 48.146 cidadãos que assinaram em apenas 4 dias a petição proposta pela coalisão cívica Za otroke gre! (“Pelas crianças!”).

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Os fariseus e os saduceus do nosso tempo

“O tributo a César”, quadro de James Tissot. Os fariseus tentam fazer com que Jesus Cristo caia em contradição.
“O tributo a César”, quadro de James Tissot.
Os fariseus tentam fazer com que Jesus Cristo caia em contradição.
Roberto de Mattei
(1948 - )
professor de História,
especializado nas ideias
religiosas e políticas no
pós-Concilio Vaticano II.




A crítica aos “fariseus” é recorrente nas palavras do Papa Francisco. Em numerosos discursos entre 2013 e 2015, ele falou sobre a “doença dos fariseus” (7 de setembro de 2013), “que acusam Jesus de não respeitar o sábado” (1° de abril de 2014); sobre a “tentação da suficiência e do clericalismo, que codificam a crença em normas e instruções, como faziam os escribas, os fariseus e os doutores da lei do tempo de Jesus” (19 de setembro de 2014).

No Angelus de 30 de agosto, ele disse que, como com os fariseus, “existe também para nós o perigo de nos considerarmos retos, ou, pior, melhor do que os outros, pelo simples fato de observarmos as regras, os costumes, mesmo se não amamos o próximo, se somos duros de coração, se somos soberbos, orgulhosos”. Em 8 de novembro de 2015 ele contrapôs a atitude dos escribas e dos fariseus, fundadas na “exclusão”, à de Jesus, fundada na “inclusão”.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

O liberalismo esvazia os templos.
Do que adianta pagar imposto às Igrejas?

Obra artística modernista explora o vazio das igrejas protestantes e é um aviso alarmante para o catolicismo modernista.
Obra artística modernista explora o vazio das igrejas protestantes
e é um aviso alarmante para o catolicismo modernista.







Nota para entender este artigo: na Alemanha um acordo entre o Estado e o episcopado permite que uma parcela do imposto de renda seja encaminhada para a denominação religiosa do contribuinte. Isso está previsto na declaração e os cidadãos alemães só tem que preencher, indicando sua igreja.

Este recurso permite à Igreja Católica na Alemanha recolher bilhões de euros por ano. Eles são encaminhados para as obras religiosas, educativas, de caridade, hospitais, creches, etc. E, em boa medida para iniciativas no exterior, infelizmente muitas vezes ligadas à subversão eclesiástica.

Muitos católicos desgostosos com o viés esquerdista-progressista imposto pela Conferência Episcopal alemã, estão deixando de preencher a declaração de religião, com diminuição das entradas do clero alemão.

Em represália, o clero progressista está negando os sacramentos aos fiéis que não apresentam a declaração de renda preenchida como eles desejam. O que equivale a trocar sacramentos e atendimento religioso por dinheiro.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Adesão do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira à sólida e corajosa Declaração de Dom Athanasius Schneider sobre o Sínodo

Dom Athanasius Schneider [Foto PRC]
Dom Athanasius Schneider emitiu sobre o relatório final do Sínodo dos Bispos uma oportuna declaração na qual tece, com base em sólidos argumentos, comentários sobre os números 84 a 86 do Relatório. Tais considerações, amparadas na perene doutrina católica, as quais o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira assume, lançam um vigoroso alerta contra o conteúdo desse Relatório.


A XIV Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos realizada de 4 a 25 de outubro último, dedicada ao tema “A vocação e a missão da família, na Igreja e no mundo contemporâneo” apresentou um Relatório Final com algumas propostas pastorais submetidas ao Papa Francisco.

O documento é apenas de natureza consultiva, não possuindo um caráter magisterial formal.

Dom Athanasius Schneider [foto acima], Bispo auxiliar de Astana (Cazaquistão) emitiu sobre esse documento uma oportuna declaração para o site “Rorate Coeli”, sob o título “O Relatório Final do Sínodo abre a porta dos fundos a uma prática neomosaica” na qual tece, com base em sólidos argumentos, comentários sobre os números 84 a 86 do referido Relatório.

Tais considerações, amparadas na perene doutrina católica, as quais o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira assume, lançam um vigoroso alerta contra o conteúdo desse Relatório:

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Quando os bispos vão começar afinal a defender os católicos fiéis ao Magistério da Igreja?

Cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munique e presidente da Conferência Episcopal alemã. Um dos líderes da subversão da moral familiar no Sínodo.
Cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munique
e presidente da Conferência Episcopal alemã.
Um dos líderes da subversão da moral familiar no Sínodo da Família.



Frankfurt, 30-10-2015 – A onda de ataques contra o Magistério católico por teólogos de esquerda e comunidades de base, iniciada depois do infeliz discurso do cardeal Walter Kasper diante do Consistório no inicio de 2014, ameaça continuar e tornar-se mais aguda após o encerramento do Sínodo da Família há poucos dias.

Como já foi mostrado neste blog, para os progressistas alemães, o que se discutiu no Sínodo é, no fundo, inteiramente indiferente.

Eles estão firmemente decididos a levar adiante sua agenda, a qual consiste em introduzir a revolução sexual na Igreja segundo as máximas da revolução da Sorbonne de 1968.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Parlamento britânico repele projeto de eutanásia

Sessão da House of Commons, a Câmara dos Deputados britânica.
Sessão da House of Commons, a Câmara dos Deputados britânica.



O Parlamento britânico recusou em última instância a tentativa de legalizar a eutanásia, ou morte assistida na Inglaterra e em Gales, após um emotivo debate pleno de casuísticas individuais e argumentações genéricas, noticiou o jornal “El Mundo”, de Madri.

Em votação final, o mal chamado “direito a morrer” foi derrotado por 330 x 118.

O projeto de lei de morte assistida foi introduzido pelo deputado trabalhista (socialista) Rob Marris. O parlamentar tergiversava dizendo que “todas as pessoas que se encontram na perspectiva dentro de seis meses, deveriam ter a opção de decidir o que querem fazer”, leia-se se suicidarem com recursos fornecidos pelos médicos. Porém, esse e outros sofismas não convenceram os deputados.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Católicos protegeram a catedral de Mar del Plata
assaltada pela intolerância LGBT

Agitadores iniciam agressão sacrílega contra catedral defendida por católicos
Agitadores iniciam agressão sacrílega contra catedral defendida por católicos



Uma longa coluna de feministas, militantes LGBT e de partidos de extrema esquerda tentou profanar a bela catedral da cidade de Mar del Plata na Argentina, informou a imprensa argentina.

O sacrílego atentado foi evitado corajosamente por jovens católicos da cidade. A coluna agressora fazia parte do XXX Encuentro Nacional de Mujeres, assembleia que se reúne todos os anos em diferentes cidades financiada pelo governo nacionalista bolivariano de Cristina Kirchner.

Os manifestantes vinham depredando casas e lojas e pichando-as com dizeres expressivos como “nem pátria nem patrão” além de palavrões e slogans pelo aborto.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Estranho: progressistas falam do
perigo das divisões que eles promovem no Sínodo

O arcebispo de Viena fez uma verdadeira
guerra de propaganda pelas parcerias homossexuais
e extra-matrimoniais




Roma – Depois de terem feito durante meses campanha contra a doutrina católica sobre o matrimônio, família e sexualidade dividindo assim os católicos, os progressistas agora advertem contra divisões e formação de partidos.

O objetivo é claro: querem atribuir aos conservadores e à mídia a culpa pela atmosfera envenenada do Sínodo. Na verdade os responsáveis são os católicos de esquerda como os cardeais Marx e Kasper.

Grande preocupação com a possibilidade de divisões expressou também o Cardeal Christoph Schoenborn de Viena.

Relembrando: o arcebispo de Viena aproveitou os meses que antecederam o Sínodo para fazer uma verdadeira guerra de propaganda a favor das parcerias homossexuais e das uniões extra-matrimoniais.

O arcebispo de Viena aproveitou os meses que antecederam o Sínodo para fazer uma verdadeira guerra de propaganda a favor das parcerias homossexuais e das uniões extra-matrimoniais.

Agora o Cardeal de Viena se mostra admirado que possam ocorrer divisões. Semelhante desfaçatez jamais seria aceita nem no mundo dos negócios e nem na política.

Em todo o caso na primeira semana do Sínodo os católicos de esquerda evitaram fazer provocações com teses extravagantes a respeito dos homossexuais, dos divorciados etc.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Banir celular na escola melhora as notas

O uso do smartphone nas aulas dissipa a atenção, degrada o aprendizado e abaixa as notas.
O uso do smartphone nas aulas dissipa a atenção,
degrada o aprendizado e abaixa as notas.



Estudo da reputada London School of Economics mostrou que nas escolas da Inglaterra que baniram os smartphones os alunos melhoraram em até 14% suas notas em exames de avaliação nacional, noticiou a Folha de S.Paulo.

A melhora foi constatada principalmente entre estudantes de 7 a 11 anos e com aproveitamento escolar inferior a 60%, que foram proibidos de usar os referidos aparelhos.

Para os alunos aplicados, o banimento não mudou nada.

“Distrações atingem todo mundo, mas são piores em alunos com celulares. E ainda piores naqueles com notas mais baixas”, disse à Folha Louis-Philippe Beland, um dos autores do estudo.

domingo, 13 de setembro de 2015

Prévia do Sínodo? Uma ferida no matrimônio cristão

“Os dois Motu proprio do Papa Francisco, infligem uma grave ferida no matrimônio cristão.”
Os dois Motu proprio do Papa Francisco,
infligem uma grave ferida no matrimônio cristão.
Roberto de Mattei
(1948 - )
professor de História italiano,
especializado nas ideias
religiosas e políticas no
pós-Concilio Vaticano II.
Corrispondenza Romana
Tradução: FratresInUnum.com






Os dois Motu proprio do Papa Francisco, Mitisiudex Dominus Iesus para a Igreja latina, e Mitis et misericors Jesu para as Igrejas orientais, anunciados em 8 de setembro de 2015, infligem uma grave ferida no matrimônio cristão.
A indissolubilidade do casamento é lei divina e imutável de Jesus Cristo. A Igreja não pode “anular”, no sentido de dissolver, um casamento.
Ela pode, com uma declaração de nulidade, verificar a sua inexistência, devido à falta dos requisitos que garantem a sua validade. Isto significa que em um processo canônico a prioridade da Igreja não é o interesse dos cônjuges na obtenção de uma declaração de nulidade, mas a verdade sobre a validade do vínculo matrimonial.
Pio XII lembra-nos a esse propósito que “no processo matrimonial o fim único é uma decisão conforme a verdade e o direito a respeito da alegada inexistência do vínculo matrimonial no referido processo de nulidade” (Discurso à Rota Romana, 2 de outubro de 1944).
O fiel pode enganar a Igreja para obter a nulidade, por exemplo, através do uso de testemunha falsa, mas a Igreja não pode enganar a Deus e tem o dever de apurar a verdade de modo claro e rigoroso.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Crianças dormem melhor quando os país reforçam a disciplina e limitam o uso de eletrônicos

Limitar o uso da tecnologia perto do horário de dormir. para evitar sono mau e baixo rendimento escolar e no trabalho
Limitar o uso da tecnologia perto do horário de dormir.
para evitar sono mau e baixo rendimento escolar e no trabalho



Os pais podem melhorar muito o repouso de seus filhos fixando limites no uso de eletrônicos, reforçando a disciplina no lar e lhes dando o bom exemplo nesse sentido.

Esses são conselhos tirados da edição 2014 do estudo “O sono nos EUA” (“Sleep in America”) da National Sleep Foundation (NSF). Esse estudo é realizado anualmente desde 1991, mas o de 2014 analisou mais profundamente as práticas na hora de dormir e as experiências da família moderna com crianças em idade escolar, segundo a Sleep Review.

“Para as crianças, um bom sono à noite é essencial para a saúde, o desenvolvimento e o rendimento na escola”, disse Kristen L. Knutson, da Universidade de Chicago. “Nós achamos que quando os pais adotam iniciativas para proteger o sono de seus filhos, eles dormem melhor”, acrescentou.

A NSF recomenda que as crianças entre 6 e 10 anos repousem entre 10 e 11 horas por noite. Mas os pais não entendem a importância da qualidade do sono.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

São Teodoro e o “Sínodo do adultério”

São Teodoro Studita, mosaico do século XI,
mosteiro de Nea Moni, em Chios, Grécia.
Roberto de Mattei
(1948 - )
professor de História italiano,
especializado nas ideias
religiosas e políticas no
pós-Concilio Vaticano II.



Com o nome de “Sínodo do adultério”, entrou para a História da Igreja uma assembleia de bispos que no século IX quis aprovar a prática do segundo casamento após o repúdio da esposa legítima.

São Teodoro Studita (759-826) foi um dos que mais vigorosamente se lhe opuseram, sendo por isso perseguido, preso e exilado três vezes.

Tudo começou em janeiro de 795, quando o imperador romano do Oriente (basileus) Constantino VI (771-797) encerrou sua esposa Maria de Armenia em um convento e iniciou uma união ilícita com Teodota, dama de honra de sua mãe Irene.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Alunos de Oxford não abrem mão de uniforme académico semelhante ao fraque

Alunos querem o subfusc todos os dias em Oxford
Alunos querem o subfusc todos os dias em Oxford



Tradição é tradição e as novas gerações gostam dela.

Um fato característico aconteceu na Universidade de Oxford, Grã-Bretanha, fundada na Idade Média, onde nas ocasiões importantes os alunos usam obrigatoriamente o academic dress, e no quotidiano o subfusc, semelhante ao fraque.

O jornal dos estudantes The Oxford Student entrevistou os alunos sobre a oportunidade de abolir esse vestígio medieval, adaptado através dos séculos. Sete de cada dez responderam que não querem renunciar ao uniforme escuro tradicional.

Em 2006 um grupo tentou aboli-lo através de um referendo, mas a proposta foi recusada por 81% dos alunos.

Oxford é um laboratório do futuro, da modernidade e do progresso, mas continua sendo um zeloso cultor do antigo bom tom, comentou o jornal de Milão Il Corriere della Sera.

Chegaram o Facebook e o Twitter, e ainda continua chegando toda espécie de coisa moderna. Porém, o uniforme subfusc não é abandonado, seja por nostalgia, orgulho ou alegria.

Quem disse – pergunta  Il Corriere della Sera – que as novas gerações são alérgicas à tradição?

Os estudantes se mostram assim tradicionalistas, responde o jornal. E também revolucionários, porque hoje a tradição com raízes na Idade Média inverte as tendências.

domingo, 23 de agosto de 2015

O que há por tras do radicalismo dos inimigos da vida?
Confissões sobre aborto e satanismo

Cada vez mais os militantes contra a vida estão invocando Satanás nas polêmicas públicas



Em diversas ocasiões, sobre tudo recentes, encontramos o fato, e o noticiamos no nosso blog, de que durante polêmicas, muitas vezes na rua diante de um tribunal, numa Câmara municipal ou diante de uma clínica do aborto nos EUA, os militantes da cultura da morte entoavam slogans louvando a Satanás.

Essa atitude extremista podia se entender como resultado de um estado de extrema irritação, e não ao pé da letra.

O movimento satanista fez um rumoroso ingresso na grande mídia quando o grupo o chamado Templo Satânico tentou fazer uma "missa negra" pública na Universidade de Harvard. Não conseguiu pela resistência dos católicos. Leia mais: Tentativa de “missa negra satânica” em Harvard. Estudantes reparam ofensa ao Corpo de Cristo

Porém, mais tarde conseguiu fazer uma “missa” dessas nas instalações da prefeitura de Oklahoma City.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Lições de dez anos de ‘casamento’ homossexual

Dez anos depois as marchas pela vida, pela família, contra o 'casamento' homossexual e a ideologia de gênero, enchem as ruas espanholas, Madri.
Dez anos depois as marchas pela vida, pela família,
contra o 'casamento' homossexual e a ideologia de gênero,
enchem as ruas espanholas, Madri.



A experiência de dez anos de “casamento” homossexual na Espanha fala por si, escreveu a agência Aleteia.

Esses “casamentos” estão ficando cada vez mais raros e pelo menos um de cada cinco já deu em divórcio, sem considerar as duplas que se desfizeram sem se interessarem em preencher essa formalidade.

Após dez anos de aplicação da união sodomítica, as manipulações da mídia ficaram patentes. Por exemplo, o grande jornal de tendência socialista “El País” trombeteia que os homossexuais se divorciam em número muito menor que os heterossexuais. Mas omite dizer que os “casamentos” sodomíticos constituem apenas 1,8% das uniões, sendo suas dissoluções forçosamente menores em número.

O Instituto Nacional de Estadística (INE) respeita mais as proporções estatísticas e diz que na verdade as duplas homossexuais divorciam muito mais que as heterossexuais, cada vez se casam menos e representam uma parte mínima das uniões reconhecidas pelo Estado.

domingo, 16 de agosto de 2015

Nem nos campos de extermínio …

Auschwitz: o criminoso engano da frase de boas vindas hoje poderia ser substituída por: 'Planned Parenthood'.
Auschwitz: o criminoso engano da frase de boas vindas
hoje poderia ser substituída por: 'Planned Parenthood'.



Os vídeos gravados e divulgados por The Center for Medical Progress [Centro para o Progresso Médico] viralizaram e foram visualizados milhões de vezes no mundo. E seguem saindo novos vídeos...

Quase que dispensam apresentação. No primeiro deles, Deborah Nucatola, diretora sênior de Serviços Médicos da Planned Parenthood America, [Paternidade Planificada], principal indústria do aborto nos EUA, foi pega numa gravação vendendo órgãos de crianças abortadas pelo método de “nascimento parcial”. Quer dizer, nas últimas semanas de gestação, explica o site Religión en Libertad

Com esse procedimento o executor do aborto introduz algumas pinças e agarra com elas uma perninha, depois a outra, seguida do corpo, até chegar aos ombros e braços do bebê. Assim ele extrai parcialmente o corpo da inocente vítima, como se o bebê fosse nascer, mas deixa a sua cabeça dentro do útero.

Como a cabeça é muito grande para ser extraída intacta, o abortista enterra então algumas tesouras na base do crânio do bebê, que está vivo, e o abre para ampliar o orifício. Depois insere um cateter e extrai o cérebro mediante sucção.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Vereadores de São Paulo aprovam PME sem "gênero"

Luta pela família foi decisiva e não pode parar.
(Foto: Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Edson Carlos de Oliveira
do Instituto
Plinio Corrêa de Oliveira




A primeira votação em plenário do PME de São Paulo rejeitou o gênero. Foi aprovado o substitutivo da Comissão de Finanças que retirou toda menção à Ideologia de Gênero do texto que regula o ensino municipal para os próximos 10 anos.

A vitória foi esmagadora: 42 contra 2. A Ação Jovem do IPCO esteve presente e sua ação repercutiu na Folha de São Paulo.

Mas atenção!

Impor limites evita filhos sociopatas

Pamela Druckerman: as crianças francesas saem na frente porque os pais lhes impõem limites desde a infância
Pamela Druckerman: as crianças francesas saem na frente
porque os pais lhes impõem limites desde a infância



A jornalista americana Pamela Druckerman observou que as crianças francesas não fazem manha. E isso porque os pais sabem lhes impor limites desde a infância.

O médico Cláudio Domênico, que coordenou o último Encontro O Globo Saúde e Bem-Estar, com o tema Como estabelecer limites para ter filhos saudáveis, observou que “essa educação sem limites cria sociopatas e jovens com problemas de relacionamento social”, segundo noticiou O Globo (12/04/2015).

Domênico acredita que hoje muitos pais delegam a criação dos filhos à escola. Ele sublinhou “a importância da família na construção da saúde emocional das crianças” e que “as crianças reclamam, mas gostam de limites preestabelecidos”.

O psiquiatra Fábio Barbirato, chefe do serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Santa Casa de Misericórdia do Rio, demonstrou cientificamente que dizer “não” aos filhos é difícil, mas dizer “sim” o tempo todo pode transformar uma criança mimada em um adulto sem autonomia, eternamente dependente dos pais.
“Os pais têm obrigação de dar limites, não podem ser reféns dos filhos, até porque as crianças não vão descobrir isso sozinhas e, lá na frente, tomarão uma pancada da vida”, defendeu o psiquiatra.

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Templo Satânico pede aborto
em nome de ‘liberdade religiosa’

Estátua que grupos satanistas querem instalar
diante do Legislativo de Oklahoma,
perto de monumento ao 10 Mandamentos. É liberdade religiosa?



A militante feminista Amanda Marcotte achou contraproducente que uma seita satanista desafie as limitações ao aborto em nome da liberdade religiosa.

Ela alertou que se os luciferinos ideologicamente próximos dela obtiverem o que desejam, os conservadores tirarão proveito amanhã para restringir mais o aborto apelando para a liberdade religiosa, comentou a National Review.

O grupo luciferino Satanic Temple exigiu que uma clínica de aborto lhe fizesse uma exceção religiosa.

Amanda Marcotte não tem nada contra os satanistas. Para ela o aborto é uma questão de direito humano, e não de religião. Mas se, em nome da liberdade religiosa, os satanistas obtiverem um benefício para cultuar o príncipe dos infernos, amanhã os conservadores virão com mais argumentos religiosos contra o aborto.

Nesse sentido a extremista Amanda faz parte daqueles que omitem ou negam a essência religiosa do problema do aborto, e não querem tratar desse fundo religioso.

domingo, 26 de julho de 2015

“Charlie”: brincadeira enganosa atrai demônios difíceis de exorcizar

Padre Gabriele Amorth, exorcista oficial da diocese de Roma
Padre Gabriele Amorth, exorcista oficial da diocese de Roma



Adolescentes precisaram ser socorridos em macas, tiveram desmaios e vômitos em cinco escolas de Manaus, devido a uma pseudo-brincadeira de “invocação de espíritos”, noticiou a Folha de S.Paulo.

O caso ocorreu com estudantes de 12 a 14 anos e envolveu o Conselho Tutelar e a Secretaria da Educação.

O ritual para “conversar” com espíritos é ensinado em diversos vídeos na internet. Apresenta-se enganadoramente como mais um entretenimento em que os jovens invocam um certo “Charlie”.

Esse responderia com as palavras “sim” e “não”, escritas numa lousa ou papel. Dois lápis, em forma de cruz, giram apontando a resposta do mundo oculto.

Há adolescentes que disseram ver demônios quando invocaram espíritos malignos ou defuntos, e até acham que esses espíritos tomaram conta das escolas.

Por isso, muitos alunos de Manaus, traumatizados, deixaram de ir às aulas na escola José Carlos Mestrinho.

Houve casos semelhantes em outras quatro escolas, segundo a Secretaria da Educação e o Conselho Tutelar.
“Vi amigas vomitando e com muita tontura. Eu só fiquei com tontura, mas foi muito assustador”, disse a aluna Maria (nome fictício), 13.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Alarme Sínodo: A Igreja do futuro (ou anti-Igreja) que prepara o Cardeal Marx

Cardeal-Marx-baculo




O Cardeal Reinhard Marx, [FOTO] presidente da Conferência Episcopal Alemã, concedeu no dia 22 de janeiro uma entrevista à revista “America”, dos jesuítas norte-americanos, na qual expressa suas esperanças em relação ao Sínodo da Família de outubro de 2015, bem como manifesta a sua visão da Igreja.

Dessa entrevista receberam especial destaque da mídia alemã as passagens referentes aos divorciados recasados e aos homossexuais.

Assim, o jornal “Süddeutsche Zeitung” publicou uma reportagem intitulada “Os homossexuais estão também dentro”, enquanto o “Nordbayerische Kurier” dava à sua matéria o título de “Marx a favor de uma via de reforma para os divorciados recasados”.


Esses temas são atualmente os mais importantes para os assim chamados católicos reformistas, que lutam por uma adaptação da doutrina da Igreja Católica às máximas do movimento de Maio de 1968 na França.

Contudo, na sua entrevista para a revista “America” [foto abaixo], o Cardeal Marx não se limitou de modo algum a esses temas, mas precisou e atualizou outras exigências do catolicismo reformista.

domingo, 19 de julho de 2015

Bispo nigeriano: o terço derrotará o Islã

D. Oliver Dashe Doeme, bispo da diocese de Maiduguri, Nigéria:
o terço está nos dando a vitória contra o terrorismo do Islã




Dom Oliver Dashe Doeme, bispo da diocese de Maiduguri, nordeste do estado de Borno, na Nigéria, disse ter visto Cristo lhe oferendo uma espada para combater a organização islâmica Boko Haram (figurativamente = “a educação ocidental ou não-islâmica é um pecado”), que aterroriza o país. Ele narrou o fato à agência Catholic News Agency.

Quando ele pegou a espada, ela se transformou no Terço de Nossa Senhora. O Terço é o instrumento chave para afastar o terrorismo islâmico do país. Ele deve ser rezado até que o islamismo desapareça da Nigéria, explicou.

Fato análogo aconteceu na Áustria, ocupada pelos soviéticos após a II Guerra Mundial: a cruzada de orações do Rosário foi tão bem sucedida que os invasores comunistas abandonaram o país que haviam dominado com seus tanques e suas botas.

terça-feira, 14 de julho de 2015

O realejo dos pânicos contra a vida
hoje disfarçados de ambientalistas

A profecía: milhões de pessoas morreriam de fome nos anos 70. A Índia superlotada estava condenada irremediavelmente e “a Inglaterra deixaria de existir por volta do ano 2000”
A profecía: milhões de pessoas morreriam de fome nos anos 70.
A Índia superlotada estava condenada irremediavelmente
e “a Inglaterra deixaria de existir por volta do ano 2000”
Luis Dufaur






2015: Ehrlich, não se arrepende de suas falsas profecias. Ele diz que sua intenção continua incólume: “conscientizar” da catástrofe que estaria despencando sobre nós.
2015: Ehrlich, não se arrepende de suas falsas profecias.
Ele diz que sua intenção continua incólume:
“conscientizar” da catástrofe que estaria despencando sobre nós.
Pela metade dos anos 60 do século XX foi moda na política e na mídia espalhar visões de pesadelo sobre uma desastrosa saturação populacional da Terra.

Em 1966, o escritor Harry Harrison publicou a apavoradora novela de ficção intitulada “Make Room! Make Room!”, em que imaginava massas humanas disputando os escassos recursos da terra em fase de extinção. O livro inspirou o filme ecolo-infernal “Soylent Green” (“No Mundo de 2020” / “À Beira do Fim”)

O duo pop Zager & Evans batia recordes cantando “no ano 2525, se o homem ainda estiver vivo”. A canção martelava que a humanidade estava esgotando demencialmente os recursos da Terra, numa clara mensagem ecológica.