terça-feira, 5 de outubro de 2010

Parceiro homossexual morre na festa do “casamento”

Na cidade balneária argentina de Mar del Plata, durante a própria “festa de casamento” e em presença de dezenas de convidados, um dos contraentes do primeiro “casamento” homossexual da cidade morreu enquanto dançava, segundo informou o diário “La Nación” de Buenos Aires.

Médicos do Hospital Interzonal General de Agudos que atenderam o falecido registraram como causa da morte um infarte cardíaco.

Na Argentina, essa união antinatural e contrária à Lei de Deus é qualificada oficialmente como “matrimônio igualitário”.

De fato, uma metafísica igualitária inspira esse “casamento” radicalmente contrário à lei de Deus.

Várias autoridades haviam anunciado que, por razões religiosas, não registrariam nem presidiriam um “casamento” desse tipo.

Desejaria receber gratuitamente as atualizações de 'Valores inegociáveis: respeito à vida, à família e à religião' no meu E-mail

2 comentários:

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.