terça-feira, 4 de agosto de 2009

Órgão dos bispos canadenses financia ONGS abortistas e subversivas do Brasil


A agência LifeSiteNews publicou lautos análises mostrando que o aborto no Brasil está sendo promovido também por ONGs que recebem financiamentos de fundos supostamente humanitários do Canadá.

A agência denunciou o órgão oficial da Conferencia dos Bispos de Canadá Dévélopment et Paix ‒ D&P porque financia ONGs que apoiam o aborto e a subversão no Brasil.

D&P coleta esmolas nas igrejas canadenses supostamente para auxiliar os necessitados no Terceiro Mundo.

Mas, há meses vem provocando sucessivos escândalos por financiar grupos abortistas no mundo, sobre tudo na América Latina.

Os bispos do Peru, por exemplo, escreveram aos bispos canadenses pedindo que cessem de financiar esses grupos contrários à vida na nação peruana.

D&P recolhe apoios de bispos canadensesNo Brasil, Dévélopment et Paix financia o Movimento de Mulheres Camponesas, que apóia projetos de aborto argumentando que o assassinato de inocentes é um “direito humano”.

D&P recolhe apoios de bispos canadenses

“Criminalizar as mulheres que praticam o aborto é um ato de absoluta injustiça e contra os Direitos Humanos” difunde esse Movimento no seu site.

O Movimento está incluído na lista dos “parceiros” de D&P no País, junto com o Centro Ecumenico ao Servico de Educacao Popular, a Comissão Pastoral da Terra (CPT); o MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra; FASE-Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional; CIMI - Conselho Indigenista Missionário; o Movimento dos Atingido por Barragens; e muitos outros órgãos ligados à esquerda católica, o petismo e até à CNBB.

Vários deles, como o MST e o CIMI, são uma fonte contínua de revolução social.
A FASE trabalha pelo aborto enquanto “direito” e difunde literatura pela liberalização do extermínio de inocentes até por meio do SUS.

A FASE integra a Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos.

O escândalo atinge também o México, a Bolívia, e a África, onde a D&P subvenciona Ongs pela contracepção, pelo feminismo radical e pela homossexualismo.

D&P responde dizendo que é “um braço da Igreja” porque trabalha a serviço da Conferência dos Bispos do Canadá, acrescenta LifeSiteNews.

Desejaria receber gratuitamente as atualizações de 'Valores inegociáveis: respeito à vida, à família e à religião' no meu E-mail

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.