segunda-feira, 30 de julho de 2007

Universitárias bem sucedidas preferem ser donas-de-casa

Cada vez mais moças bem sucedidas nas melhores universidades americanas dizem preferir ser boas e felizes donas-de-casa, criando os seus filhos, do que ingressar em alguma alta profissão. Assim responderam 60% das estudantes da Universidade de Yale, uma das mais caras e reputadas do mundo. Elas alegam os fracassos morais e sentimentais das mães-dirigentes de empresa. Informa o “New York Times” que as feministas estão indignadas porque, para elas, esta tendência não tem direito de existir. Mas as universitárias não ligam para esses protestos, que lhes parecem desinteressantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.