segunda-feira, 30 de julho de 2007

Passeata homossexual feita por ódio à Igreja

Após impressionante passeata contra o “casamento” homossexual, ocorreu em Madri a “marcha do orgulho homossexual”, muito inferior em número, mas prestigiada por um ministro e vários líderes socialistas. “Que a Igreja cale a boca”, foi um dos slogans insultantes bradados pelos manifestantes. Homossexuais fantasiados de Nazareno, de Nossa Senhora, de Papa, de cardeais e de freiras parodiaram procissões e cerimônias religiosas, despejaram uma torrente de blasfêmias e ameaças carregadas de ódio contra a família, instigaram as pessoas a apostatarem da Religião Católica. O fundo anticristão da ofensiva homossexual aflorou nessa ocasião em toda a sua verdadeira dimensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.